Blog MX1

Mundial de Motocross 2020 - 14ª etapa - MXGP de Limburg - Resultados, fotos e vídeos

Prado e Vialle vencem segunda rodada nas areias profundas de Lommel

Crédito: Redação MX1.com.br - Maurício Arruda - Fotos: Ray Archer, Bavo Swijgers e Divulgação

Largada MXGP

Motocross | 22/10/2020

Chuva, sol e vento criaram condições ainda mais desafiadoras na segunda corrida consecutiva nas areias profundas de Lommel, Bélgica, sede da 14ª etapa do Mundial de Motocross 2020. O MXGP de Limburg terminou com os triunfos de Jorge Prado e Tom Vialle - ambos fechando esta quarta-feira com 2-1 nas baterias de suas respectivas categorias, MXGP e MX2.

Na primeira corrida da MXGP, Prado conquistou o Holeshot seguido por Tim Gajser, Romain Febvre, Jeremy Seewer e Brian Bogers. Depois de um erro, Gajser por sorte não foi ao chão e acabou cedendo o segundo lugar temporariamente para Febvre. Depois de retomar a posição algumas voltas mais tarde, o esloveno diminuiu a diferença para o líder e impondo um ritmo muito forte assumiu a ponta.

Jorge Prado

Nas voltas finais Gajser contava com uma boa margem e pôde administrar o primeiro lugar seguido por Prado, Febvre, Seewer e Antonio Cairoli.  
 
Na segunda corrida, Prado largou na frente novamente, desta vez com Cairoli no segundo lugar, Gajser em terceiro e Seewer em quarto. Gajser logo tratou de impor seu ritmo e na quinta volta já tinha a liderança, enquanto Cairoli procurando não perder contato pressionava seu companheiro de equipe pela vice-liderança.

Tim Gajser

No entanto, logo na volta seguinte, Gajser foi dar um passeio fora da pista e, enroscado em uma placa de publicidade, demorou um pouco para retornar somente na sétima posição. Prado voltou a liderar a corridacom Cairoli logo atrás. Os dois lutaram até ao final, com o italiano por breves instantes na frente, mas sempre o espanhol conseguiu responder imediatamente retomando o comando.

Febvre começou a se aproximar da dupla, mas cometeu um pequeno erro e caiu. No final, Prado venceu com Cairoli em segundo e Gajser se recuperando até o terceiro lugar. Febvre e Bogers foram quarto e quinto, respectivamente. O pódio contou com Prado, Gajser e Cairoli. O esloveno agora lidera o campeonato com 55 pontos de vantagem e Prado, apenas 2 pontos atrás de Cairoli, já ameaça a vice-liderança do veterano.

Tony Cairoli

Jorge Prado: "Foi um dia difícil e não me senti 100%, mas lutei o máximo que pude. Tony e eu fizemos uma boa corrida na segunda bateria e dei o meu 'tudo' por essa vitória; Estou muito feliz por ter feito isso. As lesões no início da temporada me fizeram perder tempo de moto e correr sem preparação. Agora estou começando a me sentir melhor e acho que é normal levar algum tempo para chegar a um bom nível. Agora temos que nos recuperar e nos preparar para voltar no domingo".

Tim Gajser: "No geral, estou muito feliz com o dia. Minha pilotagem estava boa e minha velocidade era boa nas duas corridas, só cometi aquele pequeno erro depois que passei o Prado para assumir a liderança na segunda corrida. Eu nem bati, apenas saí da pista nos banners e perdi 20 segundos. Depois disso, eu me reagrupei para uma volta antes de ganhar velocidade e ultrapassar os caras na minha frente. Meus tempos de volta foram muito mais rápidos do que os líderes e me aproximei. Então sim, foi um bom dia, vencendo uma corrida e mostrando velocidade novamente na segunda. Estou muito ansioso pelo domingo, pois estou realmente gostando de andar na areia e espero poder continuar a subir ao pódio novamente.

Tony Cairoli: "Gostei de hoje. O fim de semana passado foi uma 'cópia feia' de mim porque todo mundo sabe que eu posso andar na areia. Hoje ainda não foi o meu melhor dia neste terreno, mas a segunda bateria foi boa e tive uma boa sensação na moto. Cometi alguns erros, mas cheguei mais perto da frente. Fui um pouco mais rápido do que Jorge em alguns lugares, mas já estava sem roll-off, então não tive a chance de ultrapassá-lo novamente e Febvre estava se aproximando. Estava tentando ir para a vitória, mas Jorge estava forte. Ele merecia a (vitória) geral. Vamos tentar melhorar no domingo e buscar a vitória, com certeza".

Pódio MX2

Na MX2, Jago Geerts liderou as primeiras seis voltas da corrida de abertura seguido por Tom Vialle. A dupla fugiu do restante do pelotão até Geerts cair entregando a liderança ao rival. Mas o francês diminuiu muito o ritmo e o belga conseguiu recuperar o primeiro lugar.

Na segunda bateria, Vialle não cometeu o mesmo erro. Quando Geerts vacilou novamente, o líder do campeonato estava certo para vencer a bateria e o GP com cerca de três segundos sobre Ben Watson. Foi sua segunda vitória nesta semana e a terceira consecutiva acumulando uma vantagem de 61 pontos no campeonato. 

Tom Vialle

Tom Vialle: "Um GP fantástico para mim novamente. Quando o Jago caiu na primeira corrida, perdi um pouco o ritmo. Pensei que ‘ele devia estar muito atrás’ e na verdade não estava! Meus tempos de volta dispararam e tive arm-pump (antebraço travado). Gostei muito mais da segunda bateria e estou muito feliz com a configuração da moto. É uma pista tão difícil - fisicamente também - por isso é importante ficar na moto e não fazer loucuras. Estarei focado nisso no domingo".
 
O GP de Lommel encerrará a sequência de três corridas consecutivas na Bélgica no próximo domingo, 25 de outubro.

Vídeo:



Resultados da 14ª etapa do Mundial de Motocross:

MXGP Primeira Bateria
1. Tim Gajser (SLO, Honda), 35:51.802
2. Jorge Prado (ESP, KTM), +0:09.460
3. Romain Febvre (FRA, Kawasaki), +0:19.277
4. Jeremy Seewer (SUI, Yamaha), +0:25.844
5. Antonio Cairoli (ITA, KTM), +0:39.570
6. Calvin Vlaanderen (NED, Yamaha), +0:46.241
7. Brian Bogers (NED, KTM), +0:58.549
8. Clement Desalle (BEL, Kawasaki), +1:02.925
9. Jordi Tixier (FRA, KTM), +1:09.942
10. Brent Van doninck (BEL, Husqvarna), +1:21.751.

MXGP Segunda Bateria
1. Jorge Prado (ESP, KTM), 35:54.221
2. Antonio Cairoli (ITA, KTM), +0:01.349
3. Tim Gajser (SLO, Honda), +0:07.509
4. Romain Febvre (FRA, Kawasaki), +0:19.506
5. Brian Bogers (NED, KTM), +0:21.288
6. Gautier Paulin (FRA, Yamaha), +0:32.046
7. Jeremy Seewer (SUI, Yamaha), +0:42.261
8. Jeremy Van Horebeek (BEL, Honda), +0:45.771
9. Calvin Vlaanderen (NED, Yamaha), +0:51.185
10. Clement Desalle (BEL, Kawasaki), +1:02.918

MXGP Soma das Baterias
2. Tim Gajser (SLO, HON), 45 p.
3. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 38 p.
4. Romain Febvre (FRA, KAW), 38 p.
5. Jeremy Seewer (SUI, YAM), 32 p.
6. Brian Bogers (NED, KTM), 30 p.
7. Calvin Vlaanderen (NED, YAM), 27 p.
8. Clement Desalle (BEL, KAW), 24 p.
9. Jeremy Van Horebeek (BEL, HON), 23 p.
10. Jordi Tixier (FRA, KTM), 22 p.

MX2 Primeira Bateria
1. Jago Geerts (BEL, Yamaha), 36:00.760
2. Tom Vialle (FRA, KTM), +0:10.862
3. Ben Watson (GBR, Yamaha), +0:38.277
4. Ruben Fernandez (ESP, Yamaha), +0:53.408
5. Isak Gifting (SWE, GASGAS), +0:57.521
6. Stephen Rubini (FRA, Honda), +1:12.422
7. Thomas Kjer Olsen (DEN, Husqvarna), +1:20.130
8. Maxime Renaux (FRA, Yamaha), +1:25.846
9. Alvin Östlund (SWE, Honda), +1:26.910
10. Jed Beaton (AUS, Husqvarna), +1:29.485.

MX2 Segunda Bateria
1. Tom Vialle (FRA, KTM), 35:54.380
2. Ben Watson (GBR, Yamaha), +0:02.989
3. Roan Van De Moosdijk (NED, Kawasaki), +0:09.294
4. Maxime Renaux (FRA, Yamaha), +0:18.439
5. Isak Gifting (SWE, GASGAS), +0:26.482
6. Thomas Kjer Olsen (DEN, Husqvarna), +0:28.036
7. Jago Geerts (BEL, Yamaha), +0:29.245
8. Bas Vaessen (NED, KTM), +0:37.444
9. Ruben Fernandez (ESP, Yamaha), +0:43.762
10. Jed Beaton (AUS, Husqvarna), +0:47.060

MX2 Soma das Baterias
1. Tom Vialle (FRA, KTM), 47 points
2. Ben Watson (GBR, YAM), 42 p.
3. Jago Geerts (BEL, YAM), 39 p.
4. Isak Gifting (SWE, GAS), 32 p.
5. Maxime Renaux (FRA, YAM), 31 p.
6. Ruben Fernandez (ESP, YAM), 30 p.
7. Thomas Kjer Olsen (DEN, HUS), 29 p.
8. Stephen Rubini (FRA, HON), 24 p.
9. Jed Beaton (AUS, HUS), 22 p.
10. Alvin Östlund (SWE, HON), 22 p.

Classificação geral após 14 etapas:

MXGP
1. Tim Gajser (SLO, HON), 533 points
2. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 478 p.
3. Jorge Prado (ESP, KTM), 476 p.
4. Jeremy Seewer (SUI, YAM), 461 p.
5. Romain Febvre (FRA, KAW), 421 p.
6. Glenn Coldenhoff (NED, GAS), 375 p.
7. Gautier Paulin (FRA, YAM), 369 p.
8. Clement Desalle (BEL, KAW), 336 p.
9. Jeremy Van Horebeek (BEL, HON), 271 p.
10. Jeffrey Herlings (NED, KTM), 263 p.

MX2
1. Tom Vialle (FRA, KTM), 616 points
2. Jago Geerts (BEL, YAM), 555 p.
3. Maxime Renaux (FRA, YAM), 438 p.
4. Jed Beaton (AUS, HUS), 429 p.
5. Thomas Kjer Olsen (DEN, HUS), 410 p.
6. Ben Watson (GBR, YAM), 397 p.
7. Roan Van De Moosdijk (NED, KAW), 377 p.
8. Conrad Mewse (GBR, KTM), 287 p.
9. Ruben Fernandez (ESP, YAM), 279 p.
10. Mathys Boisrame (FRA, KAW), 234 p.

Notícias Relacionadas

Blog MX1

ir para o blog