Blog MX1

Mundial de Motocross 2020 - 12ª etapa - MXGP da Espanha - Resultados, fotos e vídeos

Jorge Prado conquista em casa primeira dupla vitória na classe MXGP

Crédito: Redação MX1.com.br - Maurício Arruda - Fotos: Ray Archer

Jorge Prado

Motocross | 13/10/2020

O GP da Espanha, 12ª etapa do Mundial de Motocross, não poderia ser melhor para Jorge Prado (Red Bull KTM Factory Racing). Correndo em casa, o jovem espanhol pela primeira vez conquistou uma vitória dupla na categoria principal e com domínio absoluto das baterias no circuito Xanadú - Arroyomolinos, ao sul de Madri. A pista dura tem um grande triplo como principal atração do traçado.

Largando na frente nas duas baterias, Prado determinou o ritmo em todo o domingo. Na primeira prova, com Romain Febvre e Tim Gajser disputando o segundo lugar, ele abriu uma margem segura recebendo a bandeirada com 7 segundos de vantagem sobre o francês.

Pódio MXGP

Na segunda prova, Gajser inverteu a posição com Febvre e foi o perseguidor mais próximo do herói local. O esloveno chegou a pressionar Prado, mas não foi o suficiente para superá-lo e no fim acabou deixando o líder escapar. Mais atrás, Febvre acabou na terceira colocação e os três foram ao pódio nesta mesma ordem. Antonio Cairoli não teve um bom final de semana, teve um mal desempenho nos treinos e sofreu com o joelho machucado que tem o incomodado nas últimas provas, assim foi 7-6 nas baterias permitindo a Gajser ampliar em mais 13 pontos a vantagem no campeonato. Jeremy Seewer também não foi bem, mas manteve o terceiro lugar na tabela, apesar de já ter a posição ameaçada por Prado.

Jorge Prado: "Exatamente o que eu queria fazer hoje. Esse era meu objetivo aqui na Espanha. Meu primeiro 1-1 na MXGP! Me senti o melhor e fiquei muito animado quando cruzei a linha de chegada. A segunda corrida foi muito boa. As primeiras voltas foram intensas com o Tim e a pista era muito técnica e com muitas canaletas. Você tinha que ser muito preciso e suave, sem erros. Foi um dia incrível."

Largada MX2

A Red Bull KTM Factory Racing também comemorou a vitória na MX2 com Tom Vialle. O francês venceu a primeira bateria com Thomas Kjer Olsen chegando bem próximo em segundo e Jed Beaton logo atrás, em terceiro. Na segunda corrida, Jago Geerts lutou com Vialle no começo, mas não conseguiu impedir o líder do campeonato de tomar a frente novamente. Só que Vialle cometeu um erro nos últimos momentos e mudou o cenário novamente: Geerts aproveitou a chance e venceu a bateria, enquanto o rival faturou o GP com a segunda prosição e Roan Van De Moosdijk terminou em terceiro.

Tom Vialle

Tom Vialle: "Não sei, estava muito confortável com a moto, mas depois ela parou e demorei um pouco para recomeçar. Mas estava feliz com a minha pilotagem, me sentindo muito confortável na segunda corrida e em todo o fim de semana. Na verdade, foi um dia muito bom para o campeonato e agora estou focado apenas nas próximas corridas em Lommel na areia e estou feliz. Me sinto muito bem porque como vocês sabem há dois anos moro lá na Bélgica, e piloto muito na areia".           

A Bélgica será sede de mais uma rodada tripla desta temporada do Mundial de Motcross com provas nos dias 18, 21 e 25 de outubro.

Vídeos:




Resultados da 12ª etapa do Mundial de Motocross:

MXGP Primeira Bateria
1. Jorge Prado (ESP, KTM), 34:13.277
2. Romain Febvre (FRA, Kawasaki), +0:07.125
3. Tim Gajser (SLO, Honda), +0:09.513
4. Clement Desalle (BEL, Kawasaki), +0:16.409
5. Glenn Coldenhoff (NED, GASGAS), +0:17.950
6. Gautier Paulin (FRA, Yamaha), +0:31.813
7. Antonio Cairoli (ITA, KTM), +0:37.419
8. Brian Bogers (NED, KTM), +0:41.385
9. Jeremy Van Horebeek (BEL, Honda), +0:49.693
10. Jeremy Seewer (SUI, Yamaha), +0:54.604;

MXGP Segunda Bateria
1. Jorge Prado (ESP, KTM), 34:32.685
2. Tim Gajser (SLO, Honda), +0:04.455
3. Romain Febvre (FRA, Kawasaki), +0:17.405
4. Glenn Coldenhoff (NED, GASGAS), +0:21.940
5. Jeremy Seewer (SUI, Yamaha), +0:27.027
6. Antonio Cairoli (ITA, KTM), +0:29.646
7. Clement Desalle (BEL, Kawasaki), +0:35.318
8. Brian Bogers (NED, KTM), +0:40.176
9. Jeremy Van Horebeek (BEL, Honda), +0:43.221
10. Gautier Paulin (FRA, Yamaha), +0:46.577;

MXGP Soma das baterias
1. Jorge Prado (ESP, KTM), 50 pontos
2. Tim Gajser (SLO, HON), 42 p.
3. Romain Febvre (FRA, KAW), 42 p.
4. Glenn Coldenhoff (NED, GAS), 34 p.
5. Clement Desalle (BEL, KAW), 32 p.
6. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 29 p.
7. Jeremy Seewer (SUI, YAM), 27 p.
8. Brian Bogers (NED, KTM), 26 p.
9. Gautier Paulin (FRA, YAM), 26 p.
10. Jeremy Van Horebeek (BEL, HON), 24 p.

MX2 Primeira Bateria
1. Tom Vialle (FRA, KTM), 34:50.753
2. Thomas Kjer Olsen (DEN, Husqvarna), +0:01.273
3. Jed Beaton (AUS, Husqvarna), +0:03.830
4. Conrad Mewse (GBR, KTM), +0:14.347
5. Jago Geerts (BEL, Yamaha), +0:18.546
6. Maxime Renaux (FRA, Yamaha), +0:22.818
7. Stephen Rubini (FRA, Honda), +0:23.369
8. Roan Van De Moosdijk (NED, Kawasaki), +0:45.316
9. Ben Watson (GBR, Yamaha), +0:48.114
10. Alberto Forato (ITA, Husqvarna), +0:54.709.

MX2 Segunda Bateria
1. Jago Geerts (BEL, Yamaha), 35:11.576
2. Tom Vialle (FRA, KTM), +0:08.515
3. Roan Van De Moosdijk (NED, Kawasaki), +0:15.395
4. Ruben Fernandez (ESP, Yamaha), +0:19.349
5. Maxime Renaux (FRA, Yamaha), +0:23.613
6. Ben Watson (GBR, Yamaha), +0:24.625
7. Thomas Kjer Olsen (DEN, Husqvarna), +0:28.744
8. Isak Gifting (SWE, GASGAS), +0:47.004
9. Stephen Rubini (FRA, Honda), +0:56.900
10. Jed Beaton (AUS, Husqvarna), +0:58.542.

MX2 Soma das baterias
1. Tom Vialle (FRA, KTM), 47 pontos
2. Jago Geerts (BEL, YAM), 41 p.
3. Thomas Kjer Olsen (DEN, HUS), 36 p.
4. Roan Van De Moosdijk (NED, KAW), 33 p.
5. Maxime Renaux (FRA, YAM), 31 p.
6. Jed Beaton (AUS, HUS), 31 p.
7. Ben Watson (GBR, YAM), 27 p.
8. Conrad Mewse (GBR, KTM), 27 p.
9. Stephen Rubini (FRA, HON), 26 p.
10. Isak Gifting (SWE, GAS), 23 p.

Classificação geral após 12 etapas:

MXGP
1. Tim Gajser (SLO, HON), 441 pontos
2. Antonio Cairoli (ITA, KTM), 417 p.
3. Jeremy Seewer (SUI, YAM), 396 p.
4. Jorge Prado (ESP, KTM), 391 p.
5. Glenn Coldenhoff (NED, GAS), 375 p.
6. Romain Febvre (FRA, KAW), 346 p.
7. Gautier Paulin (FRA, YAM), 311 p.
8. Clement Desalle (BEL, KAW), 294 p.
9. Jeffrey Herlings (NED, KTM), 263 p.
10. Arminas Jasikonis (LTU, HUS), 248 p.

MX2
1. Tom Vialle (FRA, KTM), 525 pontos
2. Jago Geerts (BEL, YAM), 473 p.
3. Jed Beaton (AUS, HUS), 379 p.
4. Maxime Renaux (FRA, YAM), 372 p.
5. Thomas Kjer Olsen (DEN, HUS), 347 p.
6. Roan Van De Moosdijk (NED, KAW), 326 p.
7. Ben Watson (GBR, YAM), 314 p.
8. Conrad Mewse (GBR, KTM), 279 p.
9. Mathys Boisrame (FRA, KAW), 234 p.
10. Ruben Fernandez (ESP, YAM), 226 p.

Notícias Relacionadas

Blog MX1

ir para o blog