Blog MX1

15ª etapa do AMA Supercross: Cooper Webb e Ken Roczen agitam despedida de Atlanta

Brasileiro Enzo Lopes tem sua melhor performance na categoria 250 Oeste

Crédito: Redação MX1.com.br - Maurício Arruda - Fotos: Align Media, Feld Entertainment, Simon Cudby, Octopi Media e Divulgação

Cooper Webb

Supercross | 18/04/2021

Neste sábado, 17, o Monster Energy AMA Supercross encerrou a série de três corridas consecutivas no Atlanta Motor Speedway com Cooper Webb (KTM) levando a melhor num dramático duelo com Ken Roczen (Honda) pela vitória na categoria 450. Na classe 250 Oeste, Nate Thrasher (Yamaha) conquistou a segunda vitória da sua carreira, enquanto o brasileiro Enzo Lopes terminou entre top 10 pela primeira vez na temporada 2021.

Ken Roczen

Depois de se mostrar um certo desconforto durante as primeiras corridas na Geórgia, Cooper Webb ainda mantinha uma vantagem de 13 pontos na série, mas estava de certa forma pressionado pela vitória de Ken Roczen no início da semana. Quando a 15ª etapa começou, Aaron Plessinger (Yamaha) saltou para a liderança com Roczen e Jason Anderson (Husqvarna) logo atrás.

Eli Tomac

Na primeira volta, Dylan Ferrandis (Yamaha) bateu atrás de Anderson numa curva e os dois pilotos foram ao chão deixando a disputa pela vitória. Logo, Ken Roczen passou para a liderança e imediatamente começou a se distanciar do pelotão. Alguns minutos mais tarde, Webb também superou Plessinger, mas Roczen continuou a escapar na frente. A esta altura, Justin Barcia (GASGAS) e Eli Tomac (Kawasaki) completavam os cinco primeiros.

Aaron Plessinger

O cenário mudou drasticamente com cerca de cinco minutos para o final, quando Roczen perdeu o controle na seção de costelas sofrendo uma leve queda. O alemão, que chegou a contar com 12 segundos de margem, levantou rapidamente mantendo uma vantagem segura, mas depois não foi mais o mesmo. Webb apertou o ritmo tirando rapidamente a diferença que restava entre os dois, cerca de 5 segundos.

Pódio 450

O duelo movimentou as duas últimas voltas com tons dramáticos, Webb atacou na seção de areia se aproximando do líder e na curva seguinte Roczen virou um alvo fácil para a ultrapassagem do americano. Bingo, manobra perfeita! Com uma volta para a bandeirada, Roczen precisava reagir imediatamente. e quando Webb encavalou sua KTM em uma seção de saltos a chance apareceu, mas o líder do campeonato estava com a faca entre os dentes e mesmo desequilibrado completou a sequência seguinte mantendo a liderança. A pressão seguiu até a bandeirada, mas Webb se segurou a sua sétima vitória no ano e vai para as duas rodadas finais 16 pontos a frente do rival.

Nate Thrasher

Na categoria 250 Oeste a noite também foi movimentada. O vencedor foi o novato Nate Thrasher (Yamaha), que havia conquistado a primeira vitória da sua carreira uma semana antes no mesmo local. Fazendo o primeiro lugar ser ainda mais dramático, pela segunda vez Thrasher teve que se qualificar através da bateria de última chance, nada que o impedisse de vencer o evento principal de forma convincente.

Justin Cooper

Líder do campeonato, Justin Cooper (Yamaha) fez o holeshot da prova, mas um acidente provocou a bandeira vermelha obrigando um recomeço da prova. Cooper não desanimou e partiu novamente na frente, mas perdeu a primeira posição para o seu companheiro de equipe ainda nas primeiras voltas. Cooper foi consistente e terminou em segundo aumentando sua vantagem no campeonato para 20 pontos - com apenas uma prova restando na divisão Oeste.

Nate Thrasher com o troféu da vitória


Grande parte do foco nesta etapa estava em Cameron McAdoo (Kawasaki), cuja dramática queda e corrida de superação na noite de terça-feira repercutiram intensamente. Sua última corrida em Atlanta começou mal, com um tombaço na classificatória. Na final Cameron teve um choque com outro piloto em uma seção de obstáculos e, quando estava no chão, foi atingido fortemente. Mesmo assim ele conseguiu voltar, mas outro piloto caiu e, repetindo a rodada anterior, a prova precisou ser interrompida.

Cameron McAdoo

Com o recomeço, McAdoo partiu no sexto lugar, mas com menos de três minutos de corrida ele bateu nas costas do seu companheiro de equipe Seth Hammaker quando errou nas costelas. O acidente também envolveu Pierce Brown (GASGAS). Isso derrubou McAdoo para o 11º lugar, mas seus problemas não acabaram. Garrett Marchbanks (Yamaha) exagerou na agressividade ao se aproximar de McAdoo e os dois acabaram no chão com as motos enroscadas. McAdoo conseguiu retornar na 17ª posição e avançou quatro posições o que não impediu sua queda de segundo para terceiro na classificação do campeonato.

Hunter Lawrence

Outro destaque que enfrentou problemas, Hunter Lawrence (Honda) saiu da pista e acertou um bloco de espuma, mas apesar da queda e de sair do 18º lugar, ele ainda conseguiu uma impressionante quarta posição. Enzo Lopes, conseguiu escapar das confusões, mesmo passando perto de algumas delas, e conquistou seu melhore resultado na temporada com a sétima colocação. Ramyller Alves foi o 16º.

Pódio 250

A série decisiva do campeonato será realizada no Estádio Rice-Eccles, em Salt Lake City, com o penúltimo evento da classe 450 e a oitava rodada da Classe 250 Leste no sábado, dia 24 de abril. Uma semana depois, no mesmo local, a rodada final da temporada para determinar os campeões de 2021 com uma corrida na classe 450 e o desafio 250 Leste X Oeste.

Vídeo:




Resultados da 15ª etapa do AMA Supercross 2021:

Resultado da 15ª etapa do AMA Supercross 2021 - Categoria 450

Resultado da 15ª etapa do AMA Supercross 2021 - Categoria 250

Classificação geral do AMA Supercross 2021 após 15 etapas:

Classificação geral do AMA Supercross 2021 após 15 etapas - categoria 450

Classificação geral do AMA Supercross 2021 após 15 etapas - categoria 250

Notícias Relacionadas

Blog MX1

ir para o blog